Conversando um pouco sobre segurança de picapes

Assuntos diversos ainda ligados aos temas do Clube.

Conversando um pouco sobre segurança de picapes

Mensagempor admin » Seg Nov 13, 2017 7:37 pm

Amigos

Costumo ler muitas coisas a respeito de segurança em veículos, mas esse é um tema que merece um destaque separado quando falamos de picapes, um veículo com óbvias diferenças de um carro de passeio, apesar de muitos não perceberem isso.

Picape não é um carro esportivo. Vejo alguns testes elogiando a aceleração de 0 a 100 km/h em menos de 10 segundos em alguns modelos e tento imaginar quem vai andar num ritmo desses, saindo da inércia para alcançar os 100 km/h com tanta pressa. Não é essa a proposta de uma picape.
Por essa razão, sempre comento que muitos proprietários de picapes perderam uma grande oportunidade de adquirir um SUV ou mesmo um sedã de luxo.

A picape foi criada, como nos mostra a sua própria designação, para ser um veículo utilitário. Mas, muita gente comprou uma picape para ir no shopping, e nunca carregou mais de 50 kg na caçamba ou jamais usou uma tração 4x4, por exemplo.
Não há nenhum mal nisso. Gosto é algo que deve ser respeitado, pois cada um tem o seu. O que não se deve é criticar algumas características típicas de uma picape, pois ela tem as suas limitações para algumas utilizações.

No campo da segurança, a picape tem suas vantagens e desvantagens, e é preciso conhecer as suas limitações para fazer um uso correto dela.

Há muita ilusão, por exemplo, em relação ao número de airbags.
O modelo mais vendido no país tem apenas os airbags frontais, e é o preferido do público.
Há quem reclame da falta de airbags de joelhos ou de cortina.
O airbag é um recurso interessante de segurança, mas não é infalível. Já cansei de ver acidentes graves com veículos onde os airbags não abriram. Quem explica isso? Ninguém, pois eram situações descritas no próprio manual do veículo onde eles deveriam ter atuado.

O melhor recurso de segurança é a prevenção. Evitar o acidente e não necessitar da atuação de dispositivos pós colisão ainda é a melhor opção.
Claro que nem sempre isso é possível, e no caso das picapes acidentes graves muitas vezes ocorrem por negligência, imprudência ou imperícia do condutor, podendo ser perfeitamente evitáveis.
A picape é um veículo muito seguro, e a sua própria robustez já afasta alguns riscos que são comuns em carros pequenos ou baixos.

Airbags são úteis, mas estão nesta condição de entrar em funcionamento quando algo já saiu errado. Trata-se de um remendo de uma situação já instalada, e que nem sempre pode ser suficiente.
Trabalhei muitos anos em montadores de veículos, e ainda tenho muitos amigos que continuam trabalhando nelas. O mais engraçado é que não tenho amigos nas fábricas japonesas, que são as minhas preferidas. Mas, aprendo muitas coisas sobre veículos e consigo informações interessantes que gosto de compartilhar com os amigos.

Porque a picape líder de vendas no Brasil possui apenas dois airbags?
Economia é uma das razões mais óbvias, afinal, o mercado não exige essa vantagem como mostra o número de vendas deste modelo. Mas, outras razões também existem.
Estatisticamente, uma picape é mais segura do que um carro de passeio, e se envolve em muito menor número de acidentes com danos graves aos ocupantes.
Airbags frontais apresentam bons resultados em caso de colisões frontais, pois evitam que os ocupantes dos bancos da frente sofram um impacto forte contra o volante ou o painel, limitando ainda a inclinação do pescoço.
Mas, e os cintos de segurança, não possuem o mesmo propósito?
Sim, os cintos de segurança de três pontos também apresentam esta função, mas pesquisas apontam que ele não é utilizado muitas vezes, ou é utilizado incorretamente. Os ocupantes não sabem utilizar o cinto de segurança.
Quando usam, deixam folgado demais, muitas vezes usando até aqueles "clips" absurdos que limitam o recolhimento automático dele para proporcionar o melhor ajuste.
O uso do cinto evitará que os ocupantes sejam jogados para fora do veículo pelas laterias ou até sobre o capô, como costuma acontecer.
Ele evita também que o ocupante de trás, numa colisão frontal, seja arremessado contra o banco do ocupante da frente, muitas vezes atingindo as cabeças.
Evita, também, que o motorista atinja o painel ou o volante nestas mesmas colisões frontais.

Porém, o que mais se registra em acidantes fatais no trânsito é justamente a falta da utilização ou o uso incorreto dos cintos. Eu já observei inúmeras situações onde os ocupantes dos bancos da frente usavam cintos, mas não os ocupantes de trás. Acredite, nesta condições os riscos para os ocupantes frontais são tão grandes quanto seria se estes também estivesses sem cintos, e muitas vezes até mais grave.
Geralmente há uma preocupação exagerada com a quantidade de airbags, mas o básico é desprezado, levando a riscos ainda maiores.
Óbvio que airbags nunca são demais, principalmente em carros pequenos.
Colisões laterais em carros pequenos fazem com que estes se desloquem lateralmente muito mais rápido e mais extensamente do que uma picape, devido o seu peso.

O menor deslocamento em carros pequenos, em caso de um acidente frontal, também pode provocar danos aos joelhos. Numa picape este risco é bem menor, principalmente se o condutor e o acompanhante da frente ajustarem a distância correta de seus bancos do painel.
A utilidade de airbags laterais e de joelhos em uma picape é vista com maior preocupação por alguns do que outros pontos que deveriam receber muito mais a atenção.

Primeiro é preciso ter alguma noção de direção defensiva, e acredite, poucos são aqueles que se preocupam em fazer um curso ou pelo menos ler as instruções básicas (e insuficientes) que constam no manual de segurança que acompanha a maioria dos veículos. Por curiosidade, num grupo de 11 colegas que trabalham aqui comigo, nenhum leu este guia de segurança, e jamais fizeram um curso de direção defensiva, que deveria ser obrigatório e sério nos cursos de habilitação.
Depois, é preciso saber usar os cintos de segurança corretamente. Muitos não usam, desprezam essa necessidade de quem vai no banco de trás, ou usam incorretamente.
Toda vez que saio com mais pessoas, eu confirmo a correta utilização dos cintos por todos os ocupantes do veículo, um a um. Confesso que nunca vi alguém fazer isso. Nem as travas de segurança das portas são corretamente aplicadas antes de colocar o veículo em movimentação.

Ainda, nesta linha de se preocupar mais com airbag do que com o básico, que é mais importante, eu pergunto, a sua picape tem extintor de incêndio?
Já vi muita gente reclamando da falta de um airbag lateral na sua picape, mas nunca vi alguém questionar a ausência do extintor de incêndio. A probabilidade de um acidente onde ocorra um incêndio é muito maior do que uma colisão lateral suficiente grave para se obter qualquer vantagem do airbag lateral.
A minha maior briga com uma concessionária foi justamente a falta de extintor na minha picape Frontier 2016.
Muitos motoristas comemoraram a lei que tirou a obrigatoriedade do extintor, pois eles estavam preocupados em não levar multas por estarem com o extintor vencido!!! Coisa de brasileiro. Ignoram o mais simples.
Na minha opinião, deveriam existir mais de um extintor dentro do veículo, pelo menos um atrás.

Ainda, falando em incêndio, onde foi parar aquela válvula que bloqueava a saída de combustível em caso de colisão? Ninguém sabe, ninguém pergunta... Bater a cabeça no vidro é preocupante, mas morrer queimado não parece ser uma preocupação tão grande.
E a proteção do tanque de combustível? Esta é uma exigência na Europa, mas mesmo veículos produzidos lá e importados para o Brasil tem esse recurso ausente, afinal, somos vistos como índios mesmo.
A Frontier possui essa proteção, e se ainda não tivesse, eu mandaria fazer.

Alguém já se perguntou porque não fazem veículos com material anti-chama?
Sim, é possível e barato. Eu revendo equipamentos para indústria que são anti-chama, para evitar danos no equipamento em caso de alguma fagulha. O tratamento das paredes da minha sala de cinema também possui aditivo anti-chama.
Não teria morrido tanta gente naquela boite no sul se o tratamento das paredes e teto fossem anti-chama. Mas, quem se importa?
Algum dia alguém se queixou pelo fato de um carro possuir tanto material combustível internamente? Mas a falta do airgbag de cortina...

Veja bem, não estou dizendo que airbag é desnecessário. Como eu já disse, quanto mais dispositivos de segurança melhor, mas o básico é desprezado por aqueles que se acham especialistas em segurança automotiva.

Vamos mais longe. Algumas picapes são conhecidas pela sua falta de estabilidade. Algumas nem passaram bem no teste do alce.
Infelizmente, alguns incautos dizem "Mas no Brasil não tem alces", como li um dia num fórum de discussão sobre veículos.
O teste não tem como objetivo testar a capacidade do veículo em desviar de um alce parado no meio da pista. Apenas recebeu este nome por ser uma situação possível em alguns países. Mas, na verdade, o teste avalia a capacidade do veículo em fazer um desvio rápido com segurança para se livrar de uma pessoa, um veículo ou um obstáculo qualquer no seu trajeto.
Uma picape brasileira (mundial) não passou neste teste, mesmo possuindo outro sonho de consumo dos mais preocupados com segurança: o controle de estabilidade. É bom que ela tenha airbags até no teto, pois ela capota mesmo.
Outras picapes são conhecidas também pelo excessivo balanço e pouca estabilidade.
Curiosamente, os testes de picapes (e de muitos veículos) têm desprezado este parâmetro. Porque será?

O controle de estabilidade e tração devem estar ali para serem realmente úteis, não enfeites para levar alguma falsa sensação de segurança para os ocupantes.

Para alguns, os ocupantes de veículos deveriam usar capacetes, óculos de proteção, colete de segurança, sapato com biqueira de aço, roupa de amianto, etc. Mas, lembre-se que sempre é possível ser atingido por uma bala perdida num tiroteio, tão comum hoje graças a falta de cuidado de nossos governos para com a segurança.

Me lembro que, quando comecei a dirigir, o cinto de segurança não era obrigatório. Muitos transformaram essa obrigação em uma forma de abuso pessoal de direitos.
Muito tempo depois, o brasileiro se preocupava mais em comprar um carro com som potente e bancos de couro (odeio bancos de couro) do que em adquirir um veículo com ABS ou airbag, Isso era frescura para eles. Teve que haver uma lei obrigando a isso.

Segurança, é importante. Mas, precisamos ampliar mais a nossa visão.
Claro que quanto maior o número de airbags numa picape melhor, mas não podemos nos deixar enganar pela inclusão de recursos que acabam mascarando problemas ainda maiores.
Do que adianta controle de tração, de estabilidade, design moderno, um monte de airbags num veículo que capota facilmente? Alguém acha que airbags vai fazer uma picape que tombou dentro de um rio flutuar na superfície? Já adianto a resposta: Não!

É preciso mudar posturas e consciências, e entendermos que a segurança é um conjunto de qualidades, não uma única.
É preciso exigir picapes mais estáveis, com componentes anti-chama, dispositivo corta-combustível, e outros recursos tão ou mais importantes que um airbag.
E também precisamos ser parte da mudança, ler os manuais, mandar instalar extintores de incêndio em nossas picapes (inclusive na caçamba - pois a ajuda pode vir de fora), fiscalizar o uso do cinto de segurança, a correta postura dos ocupantes, e respeitar as leis de trânsito, que não existem por acaso, fazendo ultrapassagens seguras, não fazendo uso do álcool ou cometendo outros abusos.
Lembre-se, quando precisamos contar com um airbag para salvar a nossa vida, é porque o pior já aconteceu, e normalmente poderia ter sido evitado.
admin
Site Admin
 
Mensagens: 47
Registrado em: Dom Set 24, 2017 10:20 am

Re: Conversando um pouco sobre segurança de picapes

Mensagempor Braga » Dom Nov 19, 2017 8:06 am

Ótima abordagem. Bem coerente.
Também prefiro uma picape mais segura do que outra com mais dispositivos que muitas vezes não cumprem o que promete.
A citação do extintor foi muito bem colocada. Concordo totalmente com a idéia de que extintor jamais deveria ser abolido em veículos e que podem salvar mais vidas do que muitos acessórios pouco efetivos na prática.
Braga
 
Mensagens: 6
Registrado em: Sáb Set 30, 2017 10:16 am

Re: Conversando um pouco sobre segurança de picapes

Mensagempor Bigsd » Qua Nov 29, 2017 1:25 pm

Boa tarde, Eduardo

Excelente reflexão. Você escreve bem.
Ótimo o alerta sobre o estintor de incêndio. Também me pergunto que atrapalhada foi essa que fizeram para tirar o item de segurança mais importante e básico que todo carro deveria ter.
Quase perdi um sobrinho uma vez justamente porque o estintor do carro em que ele viajava estava descarregado. Ele ficou preso atrás e o carro começou a pegar fogo. Um colega tentou usar o extintor e não estava funcionando. Por sorte a estrada estava movimentada e outras pessoas pararam para ajudar.

Bem lembrado.

Obrigado
Bigsd
 
Mensagens: 30
Registrado em: Sáb Set 30, 2017 10:05 am

Re: Conversando um pouco sobre segurança de picapes

Mensagempor Braga » Sáb Dez 02, 2017 3:21 pm

Sim, excelente texto.
No outro fórum eu já admirava os textos do Eduardo. Muito bem feitos, inteligentes e bastante elucidativos.
E os preguiçosos de lá reclamavam que eram muito longos. Longa era a preguiça deles de ler. O importante ali era falar alguma idiotice em duas ou três linhas.
Braga
 
Mensagens: 6
Registrado em: Sáb Set 30, 2017 10:16 am

Re: Conversando um pouco sobre segurança de picapes

Mensagempor Reginaldo » Sex Dez 08, 2017 6:26 pm

Muito bom. Excelente texto e muito útil para todos.
Copiei para colar no quadro de avisos lá do nosso clube.
Reginaldo
 
Mensagens: 6
Registrado em: Sex Dez 08, 2017 6:12 pm

Re: Conversando um pouco sobre segurança de picapes

Mensagempor Chicão » Sáb Dez 09, 2017 3:44 pm

^:)^ Excelente !!!!!!!!!
Chicão
 
Mensagens: 8
Registrado em: Qui Out 05, 2017 6:44 pm

Re: Conversando um pouco sobre segurança de picapes

Mensagempor Jair Martins » Qua Jan 10, 2018 9:00 pm

Ótima abordagem.
Acho que é por aí mesmo.
Brasileiro é muito preso a modismos. Também conheço muita gente que pagava caro por banco de couro e cromados mas nem perguntava pelo ABS, airbag, controle de estabilidade... etc
Jair Martins
 
Mensagens: 11
Registrado em: Sáb Set 30, 2017 10:13 am


Voltar para Outros Temas

Quem está online

Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 1 visitante

cron